VERGONHA: O CÚMULO DA IGNORÂNCIA ACONTECE NA CÂMARA DE COROATÁ

josean

Josean Veras, PSC

Na última quinta-feira (03), a Câmara de vereadores de Coroatá teve um de seus piores discursos e mais vergonhosos para aquele parlamento. O vereador Josean Veras do PSC esbravejou um discurso para lá de hilário, apresentando uma indicação aos colegas alegando que a maioria dos assaltos que estão acontecendo naquela cidade são por conta de que os assaltantes usam o capacete para praticar esses atos. Portanto, o nobre vereador fez essa indicação pedindo a solicitação da suspensão do uso do capacete naquele município.

DESCONHECENDO AS REGRAS DA CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA.

Parece que o nobre vereador, Josean Veras desconhece as regras da constituição brasileira onde lei não contesta, lei se cumpre e ainda mais quando se trata de uma lei federal. Pelo visto, o vereador parece desconhecer todos os princípios da legalidade, jamais, uma Câmara de Vereadores tem poder para mudar uma lei federal. Caso esse pedido do vereador seja atendido pelos demais colegas, a Câmara de Coroatá estaria regredindo com uma indicação dessas. Talvez, o nobre parlamentar esqueceu que os assaltos vão acontecer independente de uso de capacete, ou não; a criminalidade é uma questão social, portanto querer orientar a sociedade coroataense a não usar o capacete é no mínimo um ato criminoso e imundo.

QUIS APARECER E DEU UM TIRO NO PÉ.

Pelo visto, o vereador Josean Veras pensou que estaria fazendo um giro e fez um girau, foi um discurso sem pensar. O que deixou boa parte dos coroataenses sem entender foi que o vereador Josean Veras é uma pessoa que tem formação acadêmica e aparece na Câmara com uma indicação sem pé e sem cabeça, mas cada um mostra o que tem. O comando da polícia militar em Coroatá disse que vai continuar exigindo que a sociedade use o capacete e lamenta a indicação do vereador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *