VERGONHOSO: POLICIAIS MILITARES SÃO RETIRADOS DO KM 17 EM CODÓ POR FALTA DE ALIMENTAÇÃO

indice

PM MA

Tem coisas que só acontecem mesmo no Maranhão, e outras que só mesmo na cidade de Codó. O Blog do de Sá teve acesso a uma informação, por meio de pessoas que moram no km 17, que os dois policiais que ficavam na guarita na PM naquele distrito foram retirados pelo comandante do 17° BPM de Codó. A retirada foi única e exclusivamente por falta de apoio do poder público municipal, e quem perdeu demais com isso foram os moradores do povoado km 17.

SAIBA O QUE ACONTECEU.

É fato que o comando da PM em Codó tem se esforçado, e muito, para manter a ordem no município. Mesmo com pouco efetivo, poucas viaturas e muitas limitações operacionais, o comando faz das “tripas coração” para que o trabalho seja feito a contento, e digo aos senhores leitores que não tenho motivos para tecer comentários bons a respeito do comandante, nem muito menos comentários contrários. Mas temos que ser justos: ele “se vira nos trinta”.

Os policiais que trabalham no km 17 faziam suas refeições no restaurante Bode Assado, localizado naquela comunidade, mas em meados de dezembro receberam uma notícia do administrador do povoado, o senhor Roberto Reis, dizendo que a alimentação estaria suspensa e que ele não poderia fazer nada para ajuda-los, pois isso não dependia dele.

O QUE FEZ O COMANDO.

Sem ter outra alternativa, o comandante do 17° BPM teve que  mandar todos os policiais de volta a Codó, pois os mesmos não poderiam ficar lá com fome. Bom caros leitores, desse jeito fica difícil fazer segurança pública. Com isso quem se lasca a cada dia é o sofrido povo maranhense e nós codoenses… LAMENTÁVEL.

 

4 comentários em: “VERGONHOSO: POLICIAIS MILITARES SÃO RETIRADOS DO KM 17 EM CODÓ POR FALTA DE ALIMENTAÇÃO

  1. Porque o comandante da PM não vai reclamar para o Governo do Estado.
    Essa posição dele em retirar os policiamento do Km17 é ilegal.
    Se o Prefeito de Codó pagar despesas que são do Estado estará cometendo crime de responsabilidade, pois é vedado o Município pagar despesas do Estado.
    Inclusive Leandro até fornecer combustível para viaturas, seja da Polícia Civil ou da Militar é ilegal é crime do Prefeito.

  2. Prezado Leandro, um servidor municipal ganha muito inferior a um policial militar.

    Esse servidor municipal tem que pagar todos os dias o seu café, almoço e jantar.

    Porque a Prefeitura tem que pagar alimentação para um policial militar que recebe mensalmente muito mais de 3 vezes o que recebe um servidor (vigia, zelador, Assist. Administro, etc.) ?

    A Prefeitura então deveria pagar a refeição era dos servidores da prefeitura que ganham baixos salários principalmente comparando com um policial militar.

    Errado é pagar para quem nem é servidor do município, mas do Estado.

    Porque o comandante não vai cobrar ao Governador???

    Não justifica tirar o policiamento do Km17 por este motivo da reportagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *