VIXE MARIA: FLÁVIO DINO É INVESTIGADO NO CASO DA “FARRA DAS PASSAGENS”

dino_temer-1024x499

Flávio Dino

O “Exame de condutas” de 100 deputados federais e quatro governadores, entre eles o Governador do Maranhão, Flavio Dino, foi solicitado pela Procuradoria Regional da República (PRR), referente ao caso da “Farra das Passagens”.

O caso dos governadores será remetido ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o da centena de congressistas ao Supremo Tribunal Federal (STF), cortes onde eles têm foro privilegiado.

No ano de 2009, época apurada pelos procuradores sobre a farra das passagens, todos esses, hoje governadores, eram parlamentares.

A farra das passagens foi descoberta após um grupo de parlamentares estarem repassando para agências de turismo, dinheiro das cotas de passagens.

O governador Flávio Dino, alegou que usou sua cota de passagens “exclusivamente em atividades políticas e parlamentares”, incluindo o uso de terceiros. O governador declarou ainda, que nunca cedeu passagens a familiares ou usou-as no exterior.

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP), também era investigado por suposta participação na farra das diárias.

Caberá agora ao TRF 1 acionar o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para análise do caso e, se preciso,  pedir aos respectivos tribunais a abertura de inquérito contra governadores, conselheiros de contas e os atuais parlamentares.

De acordo com o documento, os governadores são Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), Flávio Dino (PCdoB-MA), Jackson Barreto (PMDB-SE) e Sueli Campos (PP-RR). Os conselheiros de contas são Mário Negromonte (BA) e Waldir Barbosa (MS). Todos foram deputados no período investigado pelo Ministério Público.

A fonte é do Jornal Correio Braziliense.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *