PRINCIPAL SUSPEITO DE MANDAR MATAR O PAI, JÚNIOR DO NENZIN DIZ QUE É CANDIDATO A PREFEITO EM BARRA DO CORDA

O empresário, que foi candidato a prefeito de Barra do Corda no ano de 2016,  Manoel Mariano Filho, mais conhecido por Júnior do Nenzin, é o principal suspeito de ter mandato executar o próprio pai naquela cidade. Manoel Mariano Sousa, o Nenzin, teve sua vida ceifada no dia 06 de dezembro de 2017.  Na época, Júnior do Nenzin estava com o pai no momento da execução, e não foi atingido por nenhum disparo. Logo após o crime, foi instaurado inquérito policial para apurar o caso, que teve investigação da Superintendência  Estadual de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP).

FICOU MAIS DE UM ANO PRESO

Júnior do Nenzin permaneceu por mais de 01 ano e meio preso em São Luís, como principal suspeito pelo assassinato do próprio pai, ele foi posto em liberdade após decisão das Câmaras Criminais Isoladas do Tribunal de Justiça do Maranhão.  A soltura de Júnior do Nenzin aconteceu no dia 07 de outubro do ano passado.

FRIEZA NA MORTE DO PRÓPRIO PAI

Após o crime, Júnior do Nenzin ainda foi à missa de corpo presente do pai que estava sendo velado na cidade de Barra do Corda, mas ao saber que iria ser preso ele fugiu da cidade, vindo a ser encontrado somente depois de muitas buscas da polícia. Segundo a investigação policial, a morte do ex-prefeito de Barra do Corda, Manoel Mariano Sousa (o Nenzin) foi motivada pela venda de gado da fazenda do ex-prefeito, e quem estaria vendendo os animais era o próprio Júnior do Nenzin para pagar as dívidas da sua campanha do ano de 2016.

AGORA QUER MAIS UMA VEZ SER CANDIDATO A PREFEITO

Na última quinta-feira (21), em entrevista à Rádio Rio Corda, Júnior do Nenzin que está em liberdade aguardando um Juri popular, afirmou na mesma entrevista que será candidato a prefeito na cidade de Barra do Corda.  “Nesse momento nós temos que ter muita fé em Deus e pedir pra Deus que afaste do nosso povo Barracordense essa Covid-19”. Chega a ser muito estranho o ex-candidato a prefeito Júnior do Nenzin falar em nome de Deus numa situação dessas, após ser o principal acusado de mandar matar o próprio pai, clamar pelo nome de Deus diante do que aconteceu é, no mínimo, desdenhar das famílias de Barra do Corda.

SEGUE A IRONIA DE JÚNIOR DO NENZIN

Continuando a entrevista, Júnior do Nenzin foi mais além com sua ironia: “Nós não somos oposição, nós somos opção em Barra do Corda, estamos juntos concorrendo uma eleição em Barra do Corda. Nós agora somos pré-candidato, mas desse grupo vai sair um candidato, nós estamos unidos, eu também estou concorrendo com a pré-candidatura”, disse ele ironicamente como se fosse uma figura ilibada em Barra do Corda.

E AS FAMÍLIAS DE BARRA DO CORDA?

Diante do que aconteceu, é uma falta de respeito para com as famílias de Barra do Corda que Júnior do Nenzin venha a público invocar o nome de Deus, sendo ainda o principal acusado e suspeito de mandar o executar o próprio pai.

5 comentários em: “PRINCIPAL SUSPEITO DE MANDAR MATAR O PAI, JÚNIOR DO NENZIN DIZ QUE É CANDIDATO A PREFEITO EM BARRA DO CORDA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *