OBRA DO IFMA JÁ ESTÁ BEM AVANÇADA NO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DE RIBAMAR

IFMA-2

Prefeito Gil Cutrim com trabalhadores

A obra de construção do campus universitário do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) no município de São José de Ribamar está em estágio avançado e será inaugurada oficialmente em agosto de 2015.

A constatação e confirmação das informações foram feitas pelo reitor do campus, professor Marco Torreão, ao prefeito Gil Cutrim (PMDB) durante visita ao canteiro da obra nesta sexta-feira (08). Também participaram da visita o vice-prefeito Eudes Sampaio (PT do B); o diretor de Infraestrutura do Instituto, Celso Azevedo; além de lideranças políticas e comunitárias da cidade.

A construção do IFMA de São José de Ribamar, primeira universidade pública em fase de implantada na cidade, foi um pleito feito por Gil Cutrim junto ao Governo Federal com o objetivo de oferecer à população, em especial os jovens do município, a oportunidade de freqüentar cursos técnicos e de graduação com vistas a ingressar, de forma mais rápida e qualificada, no concorrido mercado de trabalho.

“Estou muito feliz em constatar que a obra segue em ritmo acelerado e que, já a partir do ano que vem, os ribamarenses terão a oportunidade de ingressar, na sua própria cidade, nos cursos técnicos e de graduação oferecidos pelo IFMA, esta importante e respeitada instituição de ensino”, afirmou Cutrim.

Marco Torreão explicou que provavelmente em dezembro deverá ser aberto concurso público para contratação de professores e também seletivo destinado aos ribamarenses interessados em ingressar na instituição pública de ensino.

De acordo com ele, já nos primeiros meses de 2015 algumas turmas, de cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), iniciarão o ano letivo em um prédio que será cedido pela Prefeitura ribamarense. “Estamos definindo os cursos que serão oferecidos na Unidade de São José de Ribamar e, em breve, anunciaremos. Com o apoio do prefeito Gil, que teve grande e importante contribuição para que o IFMA fosse instalado na cidade, após a realização do seletivo dos alunos poderemos iniciar o ano letivo em um prédio que será usado temporariamente até que o campus seja entregue em agosto”, explicou.

Obra – A obra de construção do campus universitário do IFMA de São José de Ribamar está orçada em R$ 7 milhões e está sendo custeada com recursos federais. O campus terá onze salas de aula, cinco laboratórios, um miniauditório, área de vivência, ginásio coberto, piscina semi olímpica, refeitório, estacionamento, setor administrativo e setor pedagógico.

Terá capacidade para atender cerca de 1.200 alunos, divididos nos turnos matutino, vespertino e noturno. Estes estudantes terão acesso gratuito a cursos médios técnicos (modalidades integrada, concomitante e subsequente), além de cursos superiores. O terreno onde campus está sendo implantado foi doado pela Prefeitura e possui excelente localização (fica às margens da MA – 201, próximo a Sede da cidade).

Assessoria da prefeitura de São José de Ribamar

DR. MÁRIO BRAGA JÁ INICIOU SUA CAMPANHA NO CORPO A CORPO

BRAGA-CAMPANHA

Dr. Mário e amigos

O médico Mário Braga continua trabalhando sua campanha fora e dentro de Codó. A estratégia que vem sendo usada é a do corpo a corpo com pessoas de todas as camadas sociais, sobretudo as mais humildes.

Em fotografias enviadas pela assessoria do candidato, Dr. Mário aparece com mecânicos codoenses e também em campanha em bairros e residenciais. Uma das imagens foi registrada na rua S. Silva, bairro São Pedro. A outra mostra encontro de Braga com moradores do residencial Trizidela, na rua Espírito Santo.

Mário Braga está na luta, sem temor, pelo que parece.

Fonte: Blog do Acélio

 

A CORDIALIDADE NEM SEMPRE CORDIAL

10294348_306918329464987_7999389150286570278_n

Jacinto Júnior

Estive in loco na abertura das atividades dos parlamentares, na Casa do Povo (04/08/2014), após um recesso de 15 dias, não para propriamente assistir aos trabalhos, mas, para conversar com uma persona grata que está participando das eleições como candidato federal: Pedro Belo, pela legenda do PCdoB. Nosso diálogo previsto para ser iniciado antes da realização da sessão, não foi possível e, por isso, tive que esperar como ouvinte e, ali, sentado, logo percebi o quanto ainda falta muito para quê o parlamento cumpra de fato com sua verdadeira representatividade, enquanto instituição imparcial e legitima. Tirando-se alguns edis que, de forma evidente possui uma excelente oratória e sabe conduzir os trabalhos e a si mesmo enquanto parlamentar, entretanto, outros, não deveria expressar nenhuma verborragia para não se contradizer politicamente e, assim, cavar sua cova antecipadamente.

Mas, permita-me fazer aqui uma observação sobre o que ouvi ontem por alguns edis quando de suas interveniências conforme preceitua o Regimento da Casa:

I.        Os edis tiveram uma só opinião: converteram seus discursos em defesa dos candidatos que estão apoiando; seja a nível estadual ou federal, cada um taxativamente alardeou sob o véu da verdade as características primárias de seus principais.

II.        Entretanto, pude assentir nas entrelinhas de cada frase, palavra, uma aguda ponta de dardo acossado em direção ao oponente, diplomaticamente.

  1.  Ouvi discursos efervescentes, carregados de ânimos e vibrátil, caminhando para uma redoma da mais completa e sórdida apelação, mesmo quando o irreal parecia ser o inverso, numa tentativa de afirmação inegável de um trabalho igualmente insuperável.
  2.  Quisera ser uma espécie de borboleta para encantar com o vôo o olhar dos edis e apontar uma perspectiva mais sóbria e serena comparada aos rasantes vôos caracterizados pelos discrepantes e desarmônicos sons produzidos no plenário.

V.        É bem verdade que, em meio à turbulência inicial num momento preciso ouviu-se uma retórica mais plausível e contundente, marcada pela capacidade de avaliar um fato social. E ouvimos um soneto com uma marca: a da reinvenção. A reinvenção da postura parlamentar, da cultura, da paixão, da verdade e, sobremaneira, à reinvenção da política decente. Talvez, por essa ausência inventiva, o caminho ainda é duramente penoso para quem deseja materializar o sonho de um dia ser representante em sua comunidade sob a égide lapidar de uma campanha limpa e transparente.

  1.  O tom dos discursos bravios de cada edil deixou transparecer sua atitude, sua moral e seu desejo particular de querer conquistar e arrebanhar o maior número possível de adeptos, simpatizantes para si e para os seus representados.
  2.  Ora, as candidaturas apresentadas pelos edis são, em essência, a maioria “caseiras”, são nossos velhos conhecidos, não há nenhuma coisa estranha nisso – com raras exceções, uma ou outra pertencente a outro município, mas, isso, é um direito que lhe assiste, legalmente. Isso, não é o fator determinante, mas, o mais importante é o eleitor que detém o poder em suas mãos para promover a reinvenção política que tanto anela e quer. No jogo político, existem as armadilhas e você as conhece; portanto, só comunga da manipulação se quiser! Manter-se afastado das manipulações é o melhor caminho que você eleitor deve tomar para poder reivindicar uma sociedade mais justa, solidária, mais democrática e muito melhor!
  3.  Por fim, notei nas pequenas partituras das médias frases proferidas uma dose de cordialidade nem sempre cordial. Mas essa tem sido ultimamente a cultura valorada no campo político pós-moderno. Revestida pela ambição individual e visceralmente degustada pelo egoísmo desmedido. É uma luta sangrenta e extremamente covarde. Não, não concordo com esse tipo de reinvenção. O vale-tudo ficou para os pequenos, os medíocres e sórdidos coletores de migalhas restolhadas políticas. Esse conceito deforma e fere de morte a concepção genuína da política ética. Que nossa cidade seja inevitavelmente motivo de permanente prazer por ser coerente e, acima de tudo, capaz de fazer sua opção por uma candidatura verdadeiramente comprometida com o progresso, o desenvolvimento e a produtividade. O crescimento só pode ter sentido quando efetivamente há um movimento amplo e concreto nessa direção, nessa busca incessante desse sonho intenso. Somos movidos por uma aguda paixão e, por ela, somos capazes de superar abismos profundos acreditando que é possível sim, outra cidade, com homens signatários de novos ‘quereres’, de novos sonhos e de novas ideias.

Por Jacinto Júnior

 

FLÁVIO DINO ARRECADA R$ 244 MIL NO PRIMEIRO MÊS DE CAMPANHA

1 – A Coligação Todos pelo Maranhão, que tem como candidato a Governador o ex-deputado federal Flávio Dino (PCdoB), entregou à Justiça Eleitoral a primeira parcial da prestação de contas, de acordo com as receitas e despesas realizadas no primeiro mês de campanha;

2 – Todos os valores recebidos e contratos firmados até o momento para o pleito de 2014 estão registrados pelo Comitê Financeiro Estadual para Governador da Coligação, legalmente constituído para realização destes fins, de acordo com a Lei das Eleições;

3 – Todas as receitas podem ser acompanhadas pelo Sistema de Prestação de Contas da Justiça Eleitoral, através do site http://inter01.tse.jus.br/spceweb.consulta.receitasdespesas2014/abrirTelaReceitaComite.action, a partir de seu Comitê Financeiro, cujo valor parcial é de R$ 244.500,00 arrecadados;

Coligação Todos pelo Maranhão

 

POLÍCIA APREENDE ARMA E MACONHA ENTRE CAXIAS E COELHO NETO

NTC20140808004512

Arma e droga apreendidos

Um homem foi preso suspeito por envolvimento com o tráfico de drogas por volta das 16h desta quinta-feira (7). Ele foi identificado por Francisco das Chagas Jesus, vulgo Pelezinho, 42 anos. O comparsa dele conseguiu empreender fuga.

Os dois indivíduos foram flagrados ainda durante a manhã, circulando em uma motocicleta em atitude suspeita na MA-034, que liga o Povoado Descanso, em Caxias à cidade de Coelho Neto – MA,

Um militar à paisana que trafegava pela rodovia foi quem avistou a dupla e deu ordem de parada. Sozinho, o policial Oliveira acionou ajuda do quartel via COPOM e tentou conter os criminosos que conseguiram fugir. Foram apreendidos em tabletes, cerca de 10 Kg de maconha prensada.

A prisão de Pelezinho ocorreu no início da tarde nas imediações do bairro Bela Vista, em Caxias. Com ele, também foi apreendido uma espingarda de fabricação caseira.

De acordo com o delegado Leonam Casemiro, a polícia já está investigando a possibilidade da existencia de plantação de maconha na zona rural entre os municípios de Caxias e Coelho Neto.

Os cinco tabletes de maconha a arma foram entregues no 1º DP para as devidas providências.

Fonte: Direto da redação do NOCA/Mano Santos

 

DEFICIENTE VISUAL É APROVADA PARA O CURSO DE DIREITO NA UEMA

10402049_769501206426640_3566437553665871709_n

A aprovada e o dono do curso Wellington

Jéssica Brito Saraiva, portadora de deficiência visual (baixa visão) foi aprovada para o curso de Direito na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Jéssica conquistou o 2º lugar em um dos cursos mais concorridos da Estadual do Maranhão, enfrentando o tão temido “vestibular tradicional” da UEMA.

“Vindo também de escola pública e enfrentado muitas dificuldades por conta da minha deficiência visual (baixa visão) encontrei no Curso Wellington suporte necessário para ampliar meus conhecimentos. Portanto, busco incessantemente a aprovação em concursos públicos. Agradeço aos professores do Curso Wellington que foram os anjos que Deus colocou em minha vida.”

“O curso Wellington parabeniza a sua aluna por essa conquista e se orgulha de ter contribuído com a sua aprovação. Jéssica é a prova de que não há deficiência que impeça a trajetória daqueles que sonham em mudar de vida através da educação e é um exemplo para todos aqueles que almejam à conquista de uma vaga no competitivo mercado de trabalho”, ressaltou o professor Carlos Wellington, diretor e fundador do Curso Wellington.
Fonte: http://www.diegoemir.com/

 

ZELUIS LAGO DIZ QUE CHEGARÁ AO SEGUNDO TURNO E IRÁ GOVERNAR PARA O POVO

10593056_769511246425636_3850748115222664052_n

Zeluis Lago e aliados

“Minha candidatura será um diálogo com o povo”, assim classificou como conduzirá sua campanha política, o candidato a governador Zeluis Lago (PPL), ao inaugurar seu comitê na noite de ontem. Acompanhado de seu candidato a senador, Gersão e dos candidatos a deputado estadual e federal, o médico diz que agora iniciou pra valer a sua campanha e que acredita ser possível chegar no segundo turno.

“Eu carrego o legado do ex-governador e meu irmão, Jackson Lago, o povo lembra do que foi feito por ele”, afirmou. Zeluis aproveitou para mais uma vez reiterar que não está na disputa eleitoral para apenas participar, ele manterá o discurso propositivo e não baixará a cabeça para acusações de que ele esteja do lado oposicionista ou governista.

Com o comitê inaugurado, os próximos passos de Zeluis Lago será iniciar incursões pelo interior do estado. Nos próximos 30 dias, o candidato a governador pelo PPL, espera visitar mais de 60 municípios. Uma comitiva está sendo montada, para que todos os candidatos do partido percorram juntos as atividades pelas cidades.

Na capital, ações serão concentradas nos bairros mais populosos, onde serão realizadas caminhadas e panfletagem. Ao contrário dos demais candidatos, Zeluis Lago diz que vai evitar carreatas, pois acredita que não existe uma aproximação com o povo nesta modalidade de campanha, por isso prefere estar mais próximo da população.

“Nossa candidatura tem muitas propostas para trazer melhorias para a população maranhense, quero conversar, quero mostrar a todos, a diferença da nossa candidatura para outras, tenho certeza que o povo receberá e conseguirá entender a nossa mensagem”, finalizou.

Fonte: http://www.diegoemir.com/