CÂMARA MUNICIPAL DE CODÓ NÃO ACEITARÁ MAIS DESRESPEITO COM O LEGISLATIVO E SEUS REPRESENTANTES, DIZ EXPEDITO CARNEIRO

Jpeg

Ver. Expedito Carneiro

O vereador Expedito Carneiro (PSDC) em entrevista pelo telefone comentou o clima de indignação dos parlamentares na última sessão. O edil pediu desculpas aos codoenses, que estavam presentes ou escutavam a sessão pela rádio, pelos excessos cometidos por ele na hora de sua defesa na tribuna da câmara. Expedito, em seu discurso, se exaltou ao comentar as agressões sofridas por ele e outros vereadores durante uma manifestação ocorrida na semana passada na porta da prefeitura. Na ocasião, Expedito Carneiro e outros parlamentares foram ofendidos verbalmente por manifestantes e acusados de roubo.
“Primeiro eu quero pedir desculpas a todos os irmãos codoenses por ter perdido a calma e até ter me exaltado, mas não podemos admitir a total falta de respeito por autoridades constituídas pelo povo, com o voto do povo e representantes da nossa população. Protestar faz parte do processo democrático, reivindicar direitos é inerente aos representantes de classes, mas daí ofender, xingar, macular a imagem e agredir autoridades municipais é inadmissível. E esses supostos manifestantes não estavam reivindicando seus direito, e sim acusando sem provas a todos nós e nos agredindo gratuitamente”,indignou-se.
Durante os protestos alguns manifestantes agrediram e acusaram não só a Expedito Carneiro, mas a Leonel Filho, Domingos Reis, Chaguinha da Câmara, entre outros. A ousadia, a falta de civilidade, de respeito e de bom senso foi tão absurda, que até o Prefeito de Codó foi chamado de irresponsável, fato testemunhado por servidores municipais e parte da imprensa local.

Vereadores tomarão providências

Durante a sessão Expedito respondeu com bastante indignação um dos representantes da manifestação, que estava presente na galeria. Chegando ao limite de sua paciência com o desrespeito cometido pelos manifestantes, o vereador declarou não ter medo de acusações infundadas e que não iria admitir a falta de respeito com ele, seus colegas de parlamento e ao prefeito da cidade.
“Temos que dar um basta. Não podemos ser acusados de cometer atos ilícitos, termos nossas imagens denegridas junto a população, em praça pública e não fazermos nada. Temos que parar de sermos xingados e não tomarmos providências. Peço mais uma vez desculpas por ter me excedido um pouco e pelo uso de expressões fortes, mas até Jesus demonstrou indignação quando viu que o templo foi profanado. Somos representantes do povo e cidadãos de Codó. Nossa imagem foi maculada. Nossa moral caluniada. O caráter é o templo de cada homem e não pode ser profanado”, afirmou o parlamentar.
Expedito Carneiro ainda informou que os vereadores irão se aprofundar no fato, apurar os detalhes ocorridos na manifestação a tomar as providências legais cabíveis contra os autores das agressões.

Ascom

4 comentários em: “CÂMARA MUNICIPAL DE CODÓ NÃO ACEITARÁ MAIS DESRESPEITO COM O LEGISLATIVO E SEUS REPRESENTANTES, DIZ EXPEDITO CARNEIRO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *