LESADOS: PROFESSORES RECLAMAM QUE EM GONÇALVES DIAS PREFEITO DESCONTA O INSS E NÃO REPASSA A RECEITA FEDERAL

FMA100000004027

Prefeito Vilson Andrade

Chegou ao titular do Blog do de Sá na tarde desta quinta-feira (06) uma informação repassada por um grupo de professores da cidade de Gonçalves Dias. A notícia informa que os professores da rede municipal de ensino não estão nada contentes com o atual prefeito da cidade, Vilson Andrade, do PC do B. De acordo com os professores, a administração local não está repassando os proventos que são descontados do INSS. Os professores pretendem acionar a justiça para receber o que lhes é de direito. Esta semana diversos professores estiveram reunidos no sindicato da categoria no sentido reunir documentos que possam provar o desvio dos recursos que estão sendo descontados, repassados a Receita Federal, e os professores não estão tento acesso a esse dinheiro, algo que é um direito de todos eles.

VALORES DESCONTADOS QUE NINGUÉM SABE ONDE ESTÁ.

IMG-20150807-WA0010

Professores Reunidos

De acordo com as informações que foram repassadas ao titular do Blog do de Sá, o valor chega a R$ 170 mil reais por mês. Isso vem acontecendo desde 2013, e os valores já passam dos R$ dos 4 milhões de reais dos cofres públicos da cidade de Gonçalves Dias. Os servidores estão sendo prejudicados por conta da má gestão do prefeito Vilson Andrade. De acordo com a informação que foi enviada ao Blog do de Sá, os servidores não estão mais conseguindo suas aposentadorias ou ate mesmo pensão pelo INSS por conta da sonegação.
É do conhecimento de muitos, que muitos prefeitos dificilmente repassam esses valores aos servidores, e com o prefeito de Gonçalves Dias não seria diferente.O blog do de Sá está a disposição para que o prefeito de Gonçalves Dias possa se retratar. Afinal estamos relatando uma denúncia que chegou ao Blog por meio da categoria de professores da cidade, mas o prefeito tem um espaço para fazer sua defesa aqui no Blog, coisa que sempre fazemos quando alguém é denunciado.

3 comentários em: “LESADOS: PROFESSORES RECLAMAM QUE EM GONÇALVES DIAS PREFEITO DESCONTA O INSS E NÃO REPASSA A RECEITA FEDERAL

  1. Sobre o post do Jornalista Leandro Sá e a dita nota de esclarecimento do prefeito Vilson Andrade, como a instituição que sou dirigente foi citada tanto pelo jornalista – que não me ouviu previamente – e pelo gestor, me incumbe o dever de destacar o seguinte:
    1- De fato o jornalista errou ao informar que apenas os professores estão sendo lesados em seu CNIS – Cadastro Nacional de Informações Sociais, mas TODOS os servidores do Município com pendências em seu CNIS.
    2- Diversos servidores têm procurado o INSS e quando procuram os créditos em seu CNIS simplesmente este se encontra ‘pendente’, ou seja, se o funcionário precisar de uma licença saúde, pensão ou aposentadoria não consegue se houver pendências a natureza dessas pendências diz respeito diretamente aos repasses, que se são feitos não chegam até o CNIS dos funcionários.
    3- Há uma grande diferença entre o que é descontado no salário dos servidores e o que deve ser repassado, por exemplo: um servidor que ganhe R$1.000,00 terá de pagar 8% para o INSS do seu salário, ou seja, R$80,00 mas, o empregador no caso a prefeitura deve repassar 21% do salário de cada servidor que é chamado de INSS patronal, logo os repasses não devem ser de apenas R$80,00, mas de R$210,00 + R$80,00 a parte do funcionário e a parte do empregador.
    4- Desde o ano de 2013 tem sido descontado valores superiores ao devido e repassado um valor inferior, simplesmente estão confundindo o ‘salário base’ com a ‘base da previdência’ no holerite dos servidores, é feito o desconto do salário bruto e repassado ao INSS apenas valores referentes ao salário base que é um valor inferior. Disponho de um farto dossier que aduz o que alego.
    5- Diversos servidores estão buscando licenças saúde, pensão e aposentadorias sem sucesso, pois seus CNIS junto ao INSS estão com pendências e não podem adquirir tais benefícios, por exemplo uma servidora passou na perícia médica, mas quando procuraram o saldo em seu CNIS não havia nada, ela teve que fazer o acerto de vínculo e remuneração antes para que pudesse ter o seu direito garantido, ou seja, teve que provar para o INSS que de fato pagava sua contribuição; outra servidora recentemente buscou requerer pensão de um servidor falecido e o INSS informou que há três anos não havia nenhum repasse do servidor falecido, diversos outros servidores buscam a aposentadoria, entretanto não conseguem por falta de saldo no CNIS.
    6- Já solicitamos documentos detalhados sobre os repasses devidos, entretanto jamais tivemos acesso, com exceção da folha de pagamento.
    7- Desde 2014 que nós do sindicato buscamos reunião paritária com a gestão para tratar especificamente desta questão, mas como quase sempre não fomos atendidos.
    8- Uma das reivindicações dos servidores é que o seu GFIP seja individualizado para que os descontos e repasses possam ser bem mais detalhados. Os servidores reivindicam que o serviço de repasse ao INSS seja feito diretamente na prefeitura e não por uma empresa terceirizada, os servidores cobraram a criação de um conselho para acompanhar os descontos e os repasses, pautas essas que foram negadas pelo gestor.
    9- Os valores mostrados que são repassados ao INSS que constam no portal da transparência contém valores irrisórios descontados para o pagamento do INSS patronal.
    10- O Portal da Transparência do Município encontra-se desatualizado desde 2014, se o gestor de fato está comprometido com a gestão democrática deveria recomendar a seus subordinados que o atualizassem.
    11- O gestor se diz comprometido com a gestão democrática, não seria um problema apresentar os documentos detalhados dos repasses dos descontos da parte dos servidores e da parte do empregador.
    Atenciosamente,
    Relve Marcos Morais Sobreiro
    Segundo Vice-Presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (SINTESPEM), subsede de Gonçalves Dias/MA.
    P.S. 1: Não se deve usar o termo ‘denegrir’ visto que é um termo racista, algo que sei que o prefeito não é.
    P.S. 2: Soa irônico o gestor falar em governo democrático e amplo quando o nepotismo grassa nesta sua gestão, assim como em passadas!
    P.S. 3: Encarar essa situação como mera perseguição política soa ingênua e subestima a capacidade de raciocínio dos cidadãos e dos servidores.
    P.S. 4: O gestor havia declarado que não seria mais candidato a reeleição, não deveria está preocupado com a eleição vindoura.
    https://www.facebook.com/prefeituradegoncalvesdias/posts/1034051493285124

  2. Nota de Esclarecimento do prefeito Vilson Andrade

    Em resposta a nota “PROFESSORES DE GONÇALVES DIAS DENUNCIAM PREFEITO DE NÃO REPASSAR DESCONTOS PARA A RECEITA FEDERAL”

    A uma matéria divulgada por um blog no dia 08/08/2015, a Prefeitura Municipal de Gonçalves Dias, na pessoa de seu gestor Vilson Andrade informa que se trata de uma informação totalmente inverídica e sem qualquer fundamento, conforme abaixo mostraremos.

    O INSS retido nas folhas de pagamento dos servidores públicos municipais de Gonçalves Dias é devidamente pagos e encaminhados para o INSS através de Guia de Previdências Sociais – GPS emitidas conforme respectiva folha no valor total retido referente a cada fundo de pagamento, conforme cópias das mesmas e dos devidos comprovantes de pagamentos referente aos últimos três meses que seguem em anexo a presente carta, podendo também serem acessadas por qualquer cidadão através do Portal de Transparência do município.
    Como relação aos valores mensais retidos ao INSS nas folhas de pagamento, eis que temos outra inverdade. O valor mensal médio das retenções nas folhas varia mês a mês, tendo como média o valor aproximado de 85 mil e não 150 mil, conforme podem serem verificadas nas folhas de pagamento que são encaminhadas ao Sindicato, sempre que solicitadas, e que esses valores sempre são repassados ao INSS , conforme pode ser comprovado no Portal da Transparência do município.
    Esclarecemos ainda que diante das proximidades das eleições no próximo ano, pessoas ligadas ao grupo de oposição tentam “plantar” mentiras pela cidade, usando blogs ou outros meios de comunicação para tentar denegrir a imagem do atual gestor.
    Acontece que o mesmo tem trabalhado de forma responsável e democrática na administração da cidade se comprometendo sempre em buscar o melhor para todos e não apenas para um pequeno grupo de pessoas como em gestões passadas.
    Para finalizar agradecemos o espaço cedido pelo blog para apresentarmos esta nota de esclarecimento a povo de nosso município.
    Cordialmente,

    Vilson Andrade – Prefeito de Gonçalves Dias

  3. Rapaz porquê vcs da imprensa de codó não fazem o serviço de vcs completo, já que a linha deste blog é INVESTIGAÇÂO E DENUNCIA faça o serviço todo meu nobre, faça a denuncia, entrevista as partes envolvidas, e leva ao conhecimento do ministério público, vamos ver o que eles vão dizer, em Codó não é diferente, há mais teu blog não pode fazer esse tipo de denuncia aqui em Codó né? tinha esquecido…
    tua credibilidade, tá caindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *