APÓS FUGIR DA CADEIA “JÚNIOR BOLINHA” É PRESO DEPOIS DE COMETER UM SEQUESTRO NESTE FINAL

1505018_653161581393937_810275657_n

Júnior Bolinha

Foi preso na noite deste sábado (21/12) na Avenida dos Holandeses o empresário Raimundo Sales Chaves Júnior, o “Júnior Bolinha”, após cometer um sequestro nas imediações do bairro do Araçagy, ele é acusado de está envolvido no assassinato do jornalista Décio Sá….

Junior bolinha foi preso na Avenida dos Holandeses, no bairro do Araçagy, em São José de Ribamar, após uma intensa perseguição. Segundo informações, o empresário teve sua fuga facilitada do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Monitorado por policias da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

Uma coletiva de imprensa foi convocada às 10 horas da manhã deste domingo (22/12) na sede da Secretaria de Segurança Publica, no bairro da Vila Palmeira, em São Luís.

Fonte O Imparcial

DESCASO EM TIMBIRAS: LIXO HOSPITALAR EM LIXÃO A CÉU ABERTO

Lixo Hospitalar I

fotos Glauber Frazão

Enfim!!! Terminou o ano de 2013 e, o balanço que se faz da “ATUALGESTÃO” é desanimador.

Aquele tão esperando “Feliz2013”, não passou nem perto de animado. Para quase a totalidade dos timbirenses, esse ano que acaba não ilustrará bem o famoso e tão sonhado “Prósperos Anos Novos (2014, 2015, 2016)”.

Hoje o caos se instalou no Município de Timbiras, há problemas em todos os setores da atual gestão. Um ano se passou e nada em prol da cidade, dos timbirenses, da melhoria das condições de vida dos mesmos e/ou da infraestrutura básica da cidade é possível se observar nesses quase 365 dias.

Um sentimento de indignação aflora cada vez mais entre a população, pois, o que se vê, é um verdadeiro descaso dos gestores com o meio ambiente e com a população.O lixo jogado no local está exposto e, pessoas passam normalmente pelo local. Além dos inúmeros animais que devem ser atraídos para o local devido ao mau cheiro.

Lixo Hospitalar

Fotos Glauber Frazão

Ilustrando esse patente problema dentre muitos outros. O mais sério e gravíssimo, é a situação em que se encontra a saúde pública no município. De acordo com as fotos, “seringas com agulhasusadas”, “cartelas com comprimidos” e “vidros de remédios” foram depositados a céu aberto no lixão público municipal.

“A lei diz que é obrigação de quem presta serviço de saúde deixar o lixo com risco de contaminação em um local construído só para isso, até que seja recolhido e destruído”.

No entanto, não é o que está acontecendo. Saúde pública não é brincadeira, a população está correndo sério risco, podendo acabar infectada devido ao lixo hospitalar estar exposto, jogado a céu aberto.

Até quando vão continuar fazendo esta e outras lambanças?

Por Glauber Frazão

MILHARES DE CRIANÇAS RECEBEM PRESENTES E ENCONTRAM PAPAI NOEL NO NATAL DA NOSSA GENTE

1

Conthia Rolim, Zito Rolim, e uma criança recebedo presente das maus de zito

Mais de 15 mil pessoas compareceram ao estádio René Bayma para participar do 5º Natal da Nossa Gente. Uma multidão de crianças aguardava ansiosamente pela chegada de Papai Noel, pelo sorteio de bicicletas e a distribuição de presentes. A Secretaria de Assistência Social e de Esporte e Lazer estavam a frente da organização. Para garantir a segurança das famílias estavam uma unidade do SAMU e guarnições de Agentes Municipais de Trânsito e da Guarda Municipal.

Na oportunidade estavam presentes os Secretários Municipais de Esporte e Lazer, Argemiro Filho, de Saúde, Dr. Cláudio Paz, de Assistência Social, Cinthya Rolim e o Prefeito Zito Rolim e a Primeira Dama, Eliene Rolim. As equipes das secretarias de Esporte e Lazer e Assistência Social davam apoio na condução das crianças sorteadas, que receberam as bicicletas das mãos do prefeito Zito Rolim.

DSC_0097

Multidão no estádio

Para alegria da criançada foram realizadas apresentações de personagens de desenhos infantis como Pintinho Amarelinho, Galinha Pintadinha, Gummy Bear e o Palhaço Alegria. Depois dos sorteios e das apresentações, Papai Noel chegou ao estádio para iniciar a distribuição de presentes.

Para o prefeito Zito Rolim, a celebração da chegada no município cresce a cada ano. “Estamos muito satisfeitos de ver esse grande número de famílias e crianças de nosso município aqui no 5º Natal da Nossa Gente. A cada ano nós organizamos essa grande festa da chegada do Natal e de Papai Noel. Mesmo com as dificuldades, nosso compromisso com as crianças sempre será cumprido, celebrando essa grande festa”.

Ascom/Prefeitura Municipal de Codó

ASSASSINATOS E MAIS ASSASSINATOS: IRMÃO DE EX-VEREADOR É EXECUTADO EM DOM PEDRO

Valdete

Vítima

Foi assassinado na cidade de Dom Pedro, Valdete Mendes, irmão do ex-vereador Diogo Mendes, também assassinado no mês de julho na mesma cidade. Segundo testemunhas, Valdete se encontrava próximo à Credinort Móveis quado foi abordado por dois jovens que aparentavam ter cerca de uns vinte anos. Os jovens desceram de uma moto e efetuaram vários disparos contra Vadete que morreu no local. Em outubro do ano apassado outro irmão de Vadete, de nome Leudo foi assassinado na porta de sua casa na Avenida Tancredo Neves em Presidente Dutra.

Fonte Adonias Soares

BANDIDO ARROMBA E CAGA NA CASA DA JUÍZA DE PORÇÃO DE PEDRAS

Juiza-roubada

Juiza

A coisa literalmente fedeu na cidade de Poção de Pedras. A casa da juíza da comarca da cidade, Tereza Cristina, que é casada com um juiz, foi invadida por um assaltante bem ousado.

O invasor comeu os alimentos que estavam na geladeira, promoveu vandalismo e ainda saiu espalhando fezes pelos móveis e chão da casa.

O homem natural de Poção de Pedras foi preso e encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, mas não teve o nome revelado.

Fonte Luis Cardoso

JUSTIÇA DETERMINA PENHORA DE BENS DO EX-PRESIDENTE DA CÂMARA DE TUTOIA

ma_09431_45123_13

Ex-presidente

Como resultado de Ação Civil Pública de Execução Forçada ajuizada pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), a Justiça determinou, em 10 de dezembro, a expedição de mandado de penhora dos bens do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Tutóia (a 323 km de São Luís), Antônio Jamilson Neves Baquil, para garantir o ressarcimento de R$ 225.354,99 à Fazenda Municipal, em valores corrigidos.

A execução havia sido requerida em fevereiro de 2012, em manifestação subscrita pela titular da Promotoria de Justiça da Comarca, Samara Cristina Mesquita Pinheiro Caldas.

O valor é resultado da atualização financeira do débito de R$ 212.974,44, imputado ao ex-gestor pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), por meio do PL-TCE n° 660/2009, devido a irregularidades constatadas na prestação de contas referentes ao exercício financeiro de 2006.

Somente R$ 113,6 mil foram levantados pela penhora online de valores, o que faz necessária a penhora de bens para saldar o restante do débito.

Fonte Blog do Neto Ferreira

PREFEITO DE SANTA INÊS AMEAÇA E FAZ INSINUAÇÕES GRAVES CONTRA JUIZA

untitled

Ribarmar Alvs Prefeito de Santa Inês

Após a ampla repercussão de que teria assediado sexualmente a juíza Larissa Tupinambá Castro, titular da 2ª Vara da Comarca de Santa Inês, o prefeito do município, Ribamar Alves (PSB), ameaçou vir à público e contar o que seria a verdade à respeito do ocorrido, caso o assunto não seja ‘definitivamente esclarecido’.

– Espero sinceramente que a magistrada Larissa Tupinambá tenha coragem de vir a público para esclarecer este assunto, informando qual a verdadeira razão que a levou a me envolver neste lamentável episódio, que diretamente não me diz respeito, conforme oportunamente poderá ser comprovado por pessoas e documentos, para que eu próprio não seja obrigado a fazê-lo em defesa do meu nome e da minha honra – diz Alves, em um dos trechos de uma nota oficial, emitida nesta sexta-feira (20).
O prefeito de Santa Inês acusou ainda a Associação dos Magistrados do Maranhão de corporativismo, e chamou de ‘fantasiosa’ a afirmação de houve a intervenção de servidores da comarca da cidade no momento em que ele estaria tentando beijar a juíza à força, como é defendido pela AMMA e pelo esposo de Larissa Tupinambá, o secretário Municipal de Educação de São Luís, Geraldo Castro.

Antes de emitir a nota ameaçadora, Ribamar Alves teria espalhado para pessoas próximas de que o autor do beijo na juíza seria o prefeito de Tufilândia, Raimundo Alves Neto, o Dr. Neto (PPS), e que teria como comprovar a ‘cena amorosa’. Alves teria ainda explicado qual a relação dele com o caso em questão.
Em um outro trecho da nota, Ribamar Alves chega a exigir que e a juíza ‘esclareça o assunto e se desculpe publicamente, antes que vidas de outras pessoas também sejam atiradas na lata de lixo’.

Abaixo, a íntegra da nota emitida pelo Prefeito de Santa Inês:
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Tendo em vista as notícias veiculadas no dia de ontem, em respeito à verdade e à opinião pública e em resposta à nota emitida pela Associação dos Magistrados do Maranhão, venho a público esclarecer o seguinte:
1) Lamento profundamente a conduta imprudente e equivocada da Dra. Larissa Tupinambá que, de forma irrefletida me acusa de assedio sexual, no intuito de dissimular outra situação, não levando em consideração sequer à integridade da sua família, assim como a integridade da minha, razão pela qual me sinto na obrigação de vir a público desmentir o episódio e ao mesmo tempo me desculpar por ter que tratar publicamente de assunto tão impróprio.
2) Afirmo que sempre tratei a Dra. Larissa Tupinambá com cordialidade e respeito, me pautando dentro da ética e da moralidade. Tenho consciência de que nunca, em momento algum, me insinuei muito menos em seu gabinete, como afirma a nota açodada e evidentemente corporativa da Associação dos Magistrados do Maranhão, que sequer considera que o crime de assédio sexual pressupõe uma relação de hierarquia entre os envolvidos, o que não existe neste caso.
3) Espero sinceramente que a magistrada Larissa Tupinambá tenha coragem de vir a público para esclarecer este assunto, informando qual a verdadeira razão que a levou a me envolver neste lamentável episódio, que diretamente não me diz respeito, conforme oportunamente poderá ser comprovado por pessoas e documentos, para que eu próprio não seja obrigado a fazê-lo em defesa do meu nome e da minha honra.
4) Insisto que o assédio relatado pela nobre magistrada nunca existiu. Muito menos envolvendo a fantasiosa história de intervenção de servidores, conforme mais uma vez a nota corporativa e precipitada emitida pela Associação dos Magistrados do Maranhão, eis por que exijo que a Dra. Larissa Tupinambá esclareça definitivamente o assunto e se desculpe publicamente antes que vidas de outras pessoas também sejam atiradas na lata de lixo.
5) Por inúmeros motivos lamento este triste episódio, inclusive, pelo fato de que, em algum momento, seja necessário expor a vida de outras pessoas para que a verdade seja restaurada.
6) Compreendo e desculpo a Dra. Larissa Tupinambá tão somente em razão do momento especial que ela deve estar atravessando, mas não poderei deixar de me defender de tão grave acusação, ainda que para isso tenha que recorrer a medida judicial e posteriormente ao Conselho Nacional de Justiça.
7) Por fim, mais uma vez nego veementemente a existência deste fato, bem como de qualquer outra conduta que desabonasse tanto a minha honra quanto à da magistrada. Reitero que as minhas ações sempre foram pautadas pelo respeito e obediência às leis, às autoridades constituídas e, sobretudo, às pessoas em geral.
Santa Inês (MA), 20 de dezembro de 2013.
José de Ribamar Costa Alves
Prefeito de Santa Inês – MA.

Fonte Marcos Monteiro

 

NO BRASIL ATÉ “GATO” RECEBE O BOLSA FAMÍLIA

1510442_650867984956630_1738822553_n

Imagem Ilustrativa

Billy, um gato com 4 anos de idade, foi cadastrado no Bolsa-Família como Billy da Silva Rosa, e recebeu durante sete meses o benefício do governo, R$ 20 por mês. A descoberta ocorreu quando o agente de saúde Almiro dos Reis Pereira foi até a casa do bichano convocá-lo para a pesagem no posto de saúde, conforme exige o programa no caso de crianças: “Mas o Billy é meu gato”, disse a dona da casa ao agente.
Ela não sabia que o marido, Eurico Siqueira da Rosa, coordenador do programa no município de Antônio João (MS), recebia o benefício do gato e de mais dois filhos que o casal não tem. Os filhos fantasmas faziam jus a R$ 62 cada, desde o início de 2008, quando Eurico assumiu o cargo.
O golpe foi identificado em setembro e o benefício foi suspenso. Eurico ainda tentou retirar Billy do cadastro e pôr o sobrinho Brendo Flores da Silva no lugar. Mas já era tarde. No início desta semana o “pai” do gato Billy acabou exonerado a bem do serviço público e está sendo denunciado à Justiça. O promotor Douglas Oldegardo Cavalheiro disse que o servidor terá de devolver o que recebeu ilegalmente.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.