APLEC DE CODÓ GANHA CAMINHÃO BAÚ REFRIGERADO PARA DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS

Na semana passada, mais precisamente na quarta-feira (05),  o Presidente da APLEC, Clélio Guerra, esteve em São Luís para receber do Secretário de Estado de Desenvolvimento Social-SEDES, Márcio Onaiser, a doação de uma caminhão baú refrigerado que será destinado ao trabalho de melhoria na distribuição dos produtos do PAA Leite. “Este caminhão vai ajudar muito nosso trabalho de distribuição de leite nos municípios que fazem parte do programa. Queremos agradecer ao esforço do Dep. Zito Rolim junto a SEDES, para que esta doação fosse viabilizada” disse Clélio Guerra.

O MARANHÃO ESTÁ ENTRE OS ESTADOS QUE MENOS INVESTIRAM EM SAÚDE DURANTE A PANDEMIA

O Maranhão está entre os estados que menos investiram em saúde neste ano, considerando os recursos provenientes da Receita Corrente Líquida (RCL). No primeiro semestre o governo Flávio Dino (PCdoB) aplicou o correspondente a 11% da RCL – o que o coloca na sexta posição.

A informação está no Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO), disponibilizado pela Secretaria de Estado da Fazenda e foi divulgada hoje (10) pelo G1. Segundo a publicação, Minas Gerais lidera o ranking negativo (saiba mais)

O portal levantou o percentual da Receita Corrente Líquida gasto em Ações e Serviços Públicos em Saúde de todos os estados brasileiros disponíveis nestes relatórios. A RCL é o somatório das receitas tributárias, de contribuições, patrimoniais, industriais, agropecuárias, de serviços, transferências correntes, deduzidos, principalmente, os valores transferidos.

Por lei, cada estado deve aplicar, no mínimo, 12% da RCL em saúde por ano. Dezoito já destinaram, no primeiro semestre, este percentual.

Tocantins foi o que investiu maior percentual da RCL, 17,86% nos primeiros seis meses deste ano, seguido por Pernambuco (17,2%) e Pará (16,47%).

Na região Sudeste, São Paulo investiu o correspondente a 14,26% da Receita Corrente Líquida; Espírito Santo, 15,47%, e Rio de Janeiro, que também ainda não cumpriu a meta, 8,18%.

Fonte: Gilberto Léda

HOMEM FICA PRESO EM FERRAGENS APÓS COLISÃO NA BR-010

Na madrugada deste sábado (8), no km 247 da BR 010, próximo ao Posto de Combustíveis Vale do Sol, no município de Imperatriz, uma colisão entre um carro e uma carreta deixou 3 pessoas feridas. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo estava saindo do posto de gasolina quando foi atingido na lateral por uma carreta que passava na rodovia.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para retirar o condutor que ficou preso nas ferragens do automóvel. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também foi chamada para prestar socorro as outros duas vítimas que estavam com lesões leves.

Ainda de acordo com a PRF, ao chegar no Hospital Municipal de Imperatriz, os passageiros apresentavam visíveis sinais de embriaguez. Como o condutor apresentava fortes lesões e estava desacordado, não foi possível realizar o exame de bafômetro.

Fonte: Neto Ferreira

ELEIÇÕES 2020: SALOMÃO BARBOSA REÚNE PRÉ-CANDIDATOS A VEREADOR EM SANTA FILOMENA DO MARANHÃO

Em grande  ato político, realizado na noite do dia (05), em Santa Filomena, o pré-candidato a prefeito Salomão, reuniu seus pré-candidatos a vereador para um papo sobre as eleições 2020. Foi, sem dúvida, uma demonstração de força eleitoral do ex-gestor, que conduziu uma administração muito bem avaliada pelo povo, fator que tem tudo para trazer bons resultados nas urnas aos nomes por ele apoiados.

FLÁVIO DINO DESMORALIZA BIRA DO PINDARÉ EM COROATÁ

O governador Flávio Dino (PCdoB), simplesmente, desmoralizou o deputado federal Bira do Pindaré (PSB), em um ato que teve participação do secretário de Saúde Pública, Carlos Lula.

Pindaré alardeou em áudios via WhatsApp a nomeação de seu aliado Francimar Sousa para o cargo de Diretor Geral do Hospital Macrorregional de Coroatá.

Porém, a nomeação foi desfeita após articulação do prefeito Luis Filho (PT) junto ao governo, que conseguiu emplacar no cargo Clene Guimarães.

Nos bastidores do Palacio dos Leões comenta-se que Bira do Pindaré perdeu completamente a credibilidade junto ao governador, mas isso é assunto para outro reportagem.

Fonte: Neto Ferreira