CADÊ O RESULTADO, FLÁVIO DINO?

No mês de agosto deste ano, o governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou um Plano Emergencial de Emprego (PEE). Por meio dele, seria possível criar mais de 60 mil vagas de trabalho com investimentos do governo estadual na ordem de R$ 550 milhões durante os últimos cinco meses.

De lá para cá, resta menos de um mês para o prazo final do plano anunciado pelo governador. Até o momento, não há registros sobre quanto já foi investido ou quantos empregos foram gerados.

Pelos dados do plano Celso Furtado – como foi batizado na época de seu anúncio – novas obras e compras do governo possibilitariam toda esta criação de emprego.

Investimentos, por exemplo, feitos na área de Infraestrutura tinham previsão de R$ 218 milhões. Na Educação, ficaria algo em torno de R$ 144 milhões e na Saúde, R$ 31 milhões. Outras nove áreas estavam com investimentos previstos.

O governador Flávio Dino tem pouco mais de 25 dias para anunciar o resultado do seu Plano Celso Furtado.

CRIAÇÃO

O Plano Emergencial de Emprego foi criado logo após ideia de Dino nas redes sociais de ser criado um pacto pelo emprego no Brasil.

A ideia do comunista foi direcionada ao presidente da República, Jair Bolsonaro, como forma de contornar a crise econômica no país.

Claro que Bolsonaro não comprou a ideia. Na verdade, nada disse a respeito.

Fonte: Estado Maior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *